Qual a sensação de pilotar uma moto de velocidade?

Cuidados-ao-comprar-moto-usada

Qual a sensação de pilotar uma moto de velocidade

Liberdade, personalidade, velocidade. Essas são apenas algumas das características e vantagens de se pilotar uma moto, mas se o assunto é pilotar motos de luxo, com maior potência e presença do que os modelos comuns, esses requisitos ganham outra dimensão. Isso porque as famosas motos esportivas oferecem todos os itens com os quais um verdadeiro amante de motos sonha. Motores potentes, velocidades acima da média, designs arrojados e modernos e alto desempenho, por exemplo, são palavras de ordem para esses modelos de máquinas, que conquistam cada vez mais aficionados no Brasil.

 

As 10 motos mais potentes à venda no Brasil

Antes de falarmos sobre as vantagens e a sensação incrível de pilotar motos esportivas, que tal conhecermos algumas delas? Confira uma lista com as 10 motos mais possantes à venda no país.

  1. Kawasaki ZX-10R: com 200 cavalos de potência, esse modelo da Kawasaki Ninja é a moto mais potente do Brasil. É capaz de atingir 13.000 rpm e impressionantes 209 cavalos de potência quando combinada a um RAM Air, sistema de indução natural de ar no motor. Porém, toda essa potência não custa barato. No país, a moto está avaliada em cerca de R$57.000.
  2. Suzuki Hayabusa: o modelo da marca japonesa apresenta 197,2 cavalos de potência, um motor de 1.340 cm³ e 15,8kgfm de torque a 7.200 rpm. Seu design, apesar de mais antigo, ainda é muito chamativo e agressivo, com carnagens angulosas. Seu preço está avaliado em R$52.900 no Brasil.
  3. BMW S 1000 RR: para se equiparar às marcas japonesas, a marca alemã lançou o modelo em 2009. Possui 193 cavalos de potência e propulsor de 4 cilindros em linha de 999cm³. Além disso, seu design é assimétrico, com um lado sendo diferente do outro. No Brasil, ela custa, mais ou menos, R$61.400.
  4. Kawasaki ZX-14R: voltando à família Kawasaki Ninja, esse modelo tem um motor de 1.352 cm³ de 16 válvulas e injeção eletrônica, o que leva a máquina a 193 cavalos de potência. Custa R$49.990 no Brasil.
  5. MV Augusta F4: a marca italiana não fica para trás quando o assunto é potência. Esse modelo, por exemplo, detém um motor de 4 cilindros de 998cm³, que proporciona 186 cavalos de potência. Uma curiosidade interessante sobre a marca também é a de que alguns modelos de motos dela são produzidos no Brasil, em Manaus, em parceria com a Dafra. O preço da F4 é de R$68.000 no país.
  6. Suzuki GSX-R 1000: o famoso modelo Suzuki GSX-R também apresenta 4 cilindros, o que resulta em 185 cavalos de potência a 12.000 rpm. Além disso, essa versão é especial porque apresenta 3 modos de potência para que o piloto possa adaptá-la conforme achar melhor. A moto apresenta um dos designs mais arrojados e belos da Suzuki e é muito querida por amantes de veículos esportivos. Ela custa em torno de R$ 58.900 no Brasil.
  7. Suzuki B-King: ainda na família Suzuki, temos a B-King, que é uma moto naked (sem carenagens). Porém, altamente potente, com um motor de 1.340 cm³ da Hayabusa modificado, que atinge 184 cavalos de potência. No país verde e amarelo, ela custa R$52.000.
  8. Yamaha R1: a primeira Yamaha a aparecer na lista apresenta um motor de 4 cilindros de 998cm³ e que atinge 182 cavalos de potência a 12.500 rpm. A moto é tão emblemática, inclusive, que serviu como base para a conquista do Mundial de Superbike de 2009 pelo piloto Bem Spies. No Brasil, ela custa R$57.000.
  9. Honda CBR 1000 RR: líder de vendas no Brasil, esse modelo alcança os 178 cavalos de potência a 12.000 rpm e apresenta 4 cilindros de 999,9cm³. No Brasil, apresenta dois preços: R$56.000 (versão standard) e R$58.000 (freios com C-ABS).
  10. BMW K 1300 S: fechando a lista, mais um modelo BMW. Esse, com 175 cavalos de potência a 9.250 rpm. Possui transmissão por cardã em vez de por corrente e seu design é mais tradicional, mas prático e funcional.

 

O segredo das motos esportivas

Agora que você conheceu um pouco do mercado de motos de luxo no Brasil, lhe perguntamos: por que elas são tão especiais para os aficionados por motos? Bem, além de belas, com designs diferenciados, as motos esportivas oferecem o que todo amante de motores procura, que é potência aliada a alto desempenho.

Por isso, quem é dono de uma moto assim já não consegue, na maioria dos casos, encontrar satisfação em modelos menores ou mais básicos. A sensação que tais versões de motos proporcionam aos seus proprietários é única. São prazeres como:

Liberdade: pilotar uma moto traz uma sensação ótima de liberdade, de contato com a natureza e o meio externo. Em motos esportivas, essa sensação pode se potencializar, uma vez que as altas velocidades proporcionadas pelos itens liberam ainda mais adrenalina e bem-estar.

Velocidade: como citamos, as motos de luxo oferecem motores mais potentes do que as motos comuns. Ou seja, para amantes de motos velozes, elas são o encaixe perfeito.

Personalidade: as motos esportivas, devido ao teor luxuoso, trazem ainda mais estilo a quem as pilota. Sem dúvida, são itens que chamam a atenção por onde passam.

 

Dicas para proprietários de motos esportivas

Adquirir uma moto esportiva, contudo, não é uma tarefa simples. Além do alto investimento no momento da compra, o interessado pelas máquinas ainda precisa separar tempo e dinheiro para cuidar do item.

Manutenção: as manutenções devem acontecer de acordo com as especificações de cada moto. Não atrase ou pule revisões, pois elas são essenciais para o bom funcionamento da moto.

Roupas especializadas: trajes especiais são essenciais para que o dono da moto não sofra com condições adversas do tempo e não se machuque. Portanto, invista. Permaneça seguro e tire o máximo possível da experiência de pilotar uma moto desse cunho.

Preservação: além de tudo isso, é importante preservar a moto por meio de cuidados simples, como limpezas constantes e o não uso desnecessário. Isso mantém o item valorizado caso haja a necessidade de vender no futuro.

 

E agora? Pronto para acelerar sua moto?

Autor: texto produzido, editado e revisado pelo site www.chavesnamao.com.br.